Extraordinário

“Extraordinário” – O amor transforma pessoas, permite que sejam mais encantadoras!

Para quem ainda não assistiu, recomendo que separe um tempinho para ir ao cinema e conferir o filme “Extraordinário”, e prepare-se para sair no mínimo transformado.

É incrível como ele toca e faz você refletir de tantos comportamentos. Além de mostrar a força da família, uma mãe maravilhosa, um pai amoroso e a irmã compreensível, e tudo isso porque eram pessoas apenas comuns, mas que acreditavam no amor, no laço.Cada personagem tem aquele “Q” de especial, mas nada como o garoto Auggie, que mostrou uma inteligência, uma compreensão das coisas e da sua forma de encarar as pessoas e o mundo.Mesmo vivenciando situações dolorosas, ele não desistiu. Enquanto eu assistia ao filme, imaginava quantas pessoas passam diariamente por isso, em como elas encaram as situações adversas. É uma luta diária, até consigo mesmo para não fracassar, não decepcionar.E é exatamente o que ele mostra, por agir tão naturalmente, sem querer ser melhor do que ninguém, ou se fazer de vítima, ele acaba por conquistar tantos amigos e inspirar alguns a sua volta. Coisa que para ele era uma surpresa ser visto dessa forma, pois para ele deveria ser tão natural agir de forma gentil.Ah se todos tivessem essa imaginação fértil para encarar os problemas, de imaginar aquele mundo ideal, leve.

O poder da beleza não está no contorno de um rosto, ou no corpo escultural, nada mais lindo que conhecer um coração feliz e bondoso. 

E como a personagem da mãe fazia questão de dizer que ele era lindo, ou do pai que queria ver o rostinho do filho do jeito que era e ponto. O amor transforma pessoas, permite que sejam mais encantadoras.Todos nós temos defeitos físicos e emocionais, temos medos e temos algo bom a mostrar, o que nos faz diferente é exatamente essa forma de encarar esse mundo e o que de melhor podemos extrair. Fala verdade, nada mais gostoso do que compartilhar momentos com pessoas suaves nas ações, no toque, na expressão, não é mesmo?Eu chorei o filme inteiro, não por dó, nem por tristeza, mas porque de fato a história me tocou no quesito transformação e para trazer mais gentileza e afeto para mim e aos que estão a minha volta.O filme deixa diversas mensagens incríveis, uma delas “Quem eu gostaria de ser” e eu ousaria acrescentar “Como eu gostaria de ser lembrado”. Essas respostas não necessariamente precisamos contar para todo mundo, basta fazer aquela reflexão e colocar em cada forma de agir.

Seja você também extraordinário, o motivo? Simples, viver a vida e enxergar tudo de forma mais bonita.

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...