Comidas Típicas: Londres

Olá meus amores, tudo bem?

Como vocês sabem, estou em Londres, e aqui é uma das cidades mais charmosas do mundo, dispensa comentários, quem acompanhou o casamento real teve o gostinho de ver a beleza e a elegância da capital inglesa. Não é à toa que o turismo da cidade é um dos mais tradicionais do mundo. Estar em Londres é pegar o metrô até a estação Westminster e estar no Big Ben, ou então, caminhar na direção do Palácio de Buckingham, onde vive a rainha, para conferir de perto uma das cenas mais emblemáticas de Londres. Como em uma cena de cinema, os guardas reais, estáticos e segurando espadas, guardando o palácio real.

Sinta-se a vontade: viajar para Londres é tudo isso e mais um pouco, um verdadeiro encanto do começo ao fim. Sendo assim, a cidade inglesa se mostra com uma variedade gastronômica de impressionar qualquer chefe de cozinha.

Direto da cidade da Rainha, conheça os pratos que mostram o lado inglês de ser, além de conferir as suas curiosidades e dicas.

 

A princípio quem é turista,  achará um pouco estranho o hábito alimentar do inglês no café da manhã, mas ao se adaptar com a rotina alimentar europeia será mais um a seguir a conduta exótica. Não tem jeito, falar de Londres, sem falar do seu prato da manhã não seria a mesma coisa, por isso a inclusão do English Breakfast é necessária.

  • Como surgiu?

Conhecido como o café da manhã especial ou o pequeno almoço, o English Breakfast, consiste em ovos e bacons, hoje em dia, existem diversas variações, incluindo tomates ou feijão enlatado.  O prato começou a se popularizar em 1920, quando o publicitário Edward Bernays juntamente com os médicos locais, começaram a elaborar uma propaganda incentivando as pessoas a comerem o prato, para incentivar a venda do bacon.

  • O que é importante saber?

De fato quem não mora na Inglaterra estranha o prato, no entanto, os ingleses também estranham a nossa rotina de comer pão de queijo toda manhã, por isso, quem prova o English Breakfast gosta e adota o costume. O curioso é que muitos ingleses que usam no prato o feijão pronto na lata, nem desconfiam que o aperitivo pode ser preparado em casa.

 

 

Conhecemos o alimento da manhã, agora vamos para o lanche da tarde. Fish e Chips. O peixe com batata frita é mania, difícil rodar a cidade e não encontrar a venda da iguaria em algum pub inglês.

  • Como surgiu?

O Fish e Chips tornou-se um prato popular entre os membros da classe operária britânica na segunda metade do século XIX, quando o desenvolvimento da pesca com a rede de arrasto no mar do norte estava em voga. Com o uso dessa rede, ficou mais fácil obter peixes mais variados. Com a variação, peixes mais baratos eram comercializados e consequentemente consumidos no interior do país. Na mesma época o comércio da batata frita aumentava, no entanto, não se tem a data específica de quando os dois alimentos foram combinados.

  • O que é importante de saber?

O prato é um dos mais baratos da região. Muitos brasileiros acabam aderindo o cardápio diariamente pelo baixo custo. Existem turistas que afirmam que ir a Londres e não provar o Fish e Chips é viagem perdida.  Além de pubs, o alimento compõe o cardápio da maioria dos restaurantes e barraquinhas de rua conhecidas como chippies (que só vendem este prato e na forma mais tradicional, embrulhado em um papel).

Para o brasileiro que quiser provar essa iguaria em São Paulo, a dica fica por conta dos Pubs The Bristol Tavern, que fica em Perdizes e o The London Pub, que é localizado na av. Brigadeiro Luis Antonio.

 

 

Se aqui no Brasil domingo é dia de macarronada, em Londres o dia representa Roast Chicken, ou seja, Frango assado, mas se estiver acompanhado com vegetais e gravy (um tipo de molho especial) melhor ainda. Caminhando nas ruas da cidade é certo que encontrará o prato estampando o cardápio dos principais restaurantes a disposição.

  • Como surgiu?

Esse tipo de alimento surgiu nos últimos 30 anos, junto com os restaurantes aglomerados nos centros comerciais históricos da cidade. Um menu sem desperdícios , em que comidas assadas ganhavam espaço. Ou seja, para os ingleses era se alimentar com comidas frescas, e o Roast Chicken foi uma das opções.

  • O que é importante de saber?

Na gastronomia inglesa é comum o uso de legumes em comidas assadas, como por exemplo, o Roast Chiken ou Elwy Cordeiro Bife, que pode conter o aperitivo.

Para conferir, a dica é os restaurantes mais tradicionais da cidade, como os mais requisitados da região de West End, o Corrigan´s e o The Square.

 

Bacon, peixe ou frango? Feijão, batata frita ou legumes? Pode escolher!  [careta]

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...