Por que as pessoas cometem os mesmos erros em relacionamentos?

Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Tire um minuto para relembrar alguns relacionamentos passados. Percebe um padrão de erros repetidos?

Talvez você esteja sempre se interessando por parceiros emocionalmente distantes, manipuladores psicológicos ou enganadores. Você tem as mesmas brigas em todos os seus relacionamentos?

Não se preocupe, você não está sozinho. Na verdade, há uma explicação psicológica e neurológica para o seu comportamento.

Você, como todos os seres humanos, é uma criatura de hábitos em todas as áreas da sua vida: profissionalmente, em amizades e romances. Isso significa que você acaba fazendo a mesma coisa uma e outra vez sem perceber, porque é confortável. Você tende a evitar o desconhecido enquanto reivindica procurar a felicidade. De acordo com Alain de Botton, um autor filosófico psicoemocional, não estamos buscando a felicidade, mas sim a familiaridade em nossas relações pessoais.

Resultado de imagem para ansioso e seus relacionamentos

 

  • Teoria do apego e seus relacionamentos

A Teoria dos Apegos nos diz que seus primeiros relacionamentos, que provavelmente foram com seus pais, preparam o cenário para seus relacionamentos futuros.

A forma como seus pais agiram em sua direção quando criança afeta sua capacidade de se relacionar com as pessoas, como adulto. Esses relacionamentos também forneceram um modelo de como os relacionamentos devem funcionar.

  • O que isso significa, exatamente?

Bem, porque você deseja familiaridade, inconscientemente procura por seus pais em futuros relacionamentos românticos. O parceiro escolhido depende do tipo de apego que você desenvolveu como filho. As pessoas são seguras ou inseguras. Existem dois principais tipos de apego inseguro: evasivo e ansioso.

A Dra. Cindy Hazan e a Dra. Phillip Shaver da Universidade de Denver realizaram pesquisas sobre relacionamentos românticos como um processo de apego. Os resultados deste estudo mostraram que 60 por cento das pessoas têm apego seguro. As outras 40 por cento foram divididas entre evasivas e ansiosas.

  • Então, como uma pessoa se torna insegura em apego?

Se, por exemplo, seu pai ou sua mãe não estavam emocionalmente disponíveis ou não prestaram atenção consistente, você pode desenvolver apegos ansiosos ou evasivos. Isso pode fazer você procurar um parceiro emocionalmente distante. Se você foi abandonado quando criança, pode procurar relacionamentos onde deve ganhar o amor da outra pessoa.

  • Apego ansioso e seus relacionamentos

Como uma pessoa ansiosa, você precisará estar com seu parceiro constantemente. Ou, talvez seja necessário ter certeza dos sentimentos do seu parceiro por você e sua felicidade no relacionamento. Essa necessidade pode causar tensão em seus relacionamentos, levando a brigas, estresse e separação.

  • Apego evasivo e seus relacionamentos

Como um apego evasivo, você pode se afastar emocionalmente de seus relacionamentos. Esse tipo de afastamento faz com que você se sinta independente. Por causa do relacionamento com seus pais, você aprendeu a depender apenas de si mesmo. Uma pessoa evasiva temerosa quer um relacionamento saudável, mas tem medo de ser ferida e tem dificuldade em confiar nos outros.

  • Mudando o seu estilo de apego

Repetir erros em seus relacionamentos devido a problemas psicológicos (discutidos acima) e neurológicos. Seu cérebro produz neurônios que gravitam em caminhos familiares, o que dificulta a mudança de seu comportamento aprendido. O primeiro passo para mudar esse comportamento é reconhecer o padrão. Depois de ter estabelecido o padrão em seus relacionamentos, tome pequenos passos para mudar. Isso será difícil no início, mas é possível com perseverança.

Após algum tempo, o novo comportamento se tornará o novo padrão, resultando em relacionamentos mais saudáveis ​​e felizes.

Fonte: O Segredo

Qual a opinião de vocês sobre isso? Deixe aqui nos comentários.

Beijinhos até o próximo post.

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...