Motivos para ser mãe depois dos 40

Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Sabia que existem muitas razões quem fazem uma mulher decidir ser mãe depois dos 40? Seja a estabilidade econômica, emocional, alcançar o sucesso profissional, a maturidade que vem com a idade são mesmo fatores reais. Por isso, separei alguns dos principais motivos para ser mãe depois dos 40.

A ideia de existir um relógio biológico contribui para alimentar a pressão social ou para a idade ideal de se ter filhos defendida pela medicina. Os tempos mudaram e a maternidade tomou outros caminhos. As mulheres podem decidir se tornar mães depois dos 40 anos, por exemplo, algo impensável para nossas avós.

Dados recentes publicados sobre gravidez na Europa mostram que, em média, europeias optam por ter filhos com 37 anos, enquanto que nos anos 2000 se triplicava o número de mulheres que tinham filhos depois dos 40. Entre 2014 e 2015, houve aumento de 26% para gestar após os 40. A chamada maternidade tardia é uma tendência.

A baixa qualidade dos ovários ou uma reserva menor de óvulos são alguns dos obstáculos do sexo feminino que tornam a maternidade espontânea mais improvável depois do 40, mas nada impossível, visto que 5% das mulheres que tentam engravidar depois dos 35 conseguem engravidar tranquilamente. É mais possível ainda se pensarmos que em 2015, 40% das mulheres acima de 40 anos buscaram clínicas de reprodução assistida para se tornarem mães.

Resultado de imagem para mãe

 

Os benefícios de ser mãe depois dos 40

Uma das primeiras perguntas que são feitas a quem escolhe ser mãe depois dos 40 é sobre os riscos que podem acontecer à mãe e ao bebê. O maior risco são as falhas cromossômicas, que atualmente já podem ser minimizadas. Exames que determinam o mapa cromossômico do embrião antes dele ser transferido para o óvulo dão mais garantia de uma gravidez tranquila e mais segurança para se ter um embrião saudável. Esse tipo de análise é mais do quer encomendada para mulheres que optaram por reprodução assistida após os 40 anos.

Outro motivo para a maternidade tardia é a maturidade com que as mulheres enfrentam a estabilidade tanto econômica quanto emocional. Profissionalmente, é um momento excelente e vantajoso para encarar a gravidez e a criação de uma criança.

Outro fato que incentiva as mulheres é a chance de escolher a reprodução assistida, que funciona em 95% dos tratamentos. O método mais solicitado é a fertilização in vitro, que envolve o congelamento de óvulos durante a idade fértil para que sejam implantados no futuro, o que garante uma gravidez saudável com os óvulos próprios.

 

Dicas para mulheres que pensam em ser mãe depois dos 40

De acordo com especialistas, as mulheres que consideram a ideia de se tornar mãe depois dos 40 pode seguir algumas dicas:

  • Realizar uma boa avalição médica sobre sua saúde;
  • As mudanças são mais rápidas nessa faixa etária. Se após seis meses a mulher não conseguir engravidar naturalmente, o ideal é procurar um especialista na área;
  • É importante realizar um estudo cromossômico antes de realizar a implantação dos embriões;
  • Quando a gravidez não segue em frente com óvulos próprios, a mulher pode considerar usar óvulos de outras mulheres, contanto que eles sejam doados.

E ai meus amores, o que você acha de ser mãe após os 40 anos? Conhece alguém que já passou por isso, ou você mesmo teve essa experiência?

Deixe aqui nos comentários para a gente poder bater um papo sobre.

Não esqueça de me seguir em todas as redes sociais para ficar por dentro de todas as novidades!

Beijinhos e até o próximo post  [pinkheart]

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...